Missão Sagrada

A Missão Sagrada é um órgão constituído por pessoas que devotam o coração, dedicam-se a Salvação da Humanidade, que dinamicamente vem levando a Verdade “homem filho de Deus”, aos mais longínquos lugares, tornando inúmeras pessoas felizes.

A Missão Sagrada foi instituída para que os adeptos da SEICHO-NO-IE que se conscientizaram da sua missão, dediquem-se ao trabalho apostolar; são muitos os que em vida dedicam-se ao trabalho apostolar em todas as regiões do país, recebendo a denominação honrosa de Membros da Missão Sagrada.

“Os senhores têm cada qual inúmeras missões, mas observando o fato de terem se reunido na SEICHO-NO-IE, significa que são todos apóstolos da Missão Sagrada. Aliás, Apóstolo da Missão Sagrada não é um nome próprio, assim como Kanzeon Bosatsu e Fugen Bosatsu não o são. Fugen significa ´amplamente sábio´ e denominou-se de Fugen Bosatsu a personificação da razão, da sabedoria que preenche o Universo; Zeon ´significa som emitido pela mente das pessoas´e denominou-se de kanzeon ao ato de salvar o outro manifestando numa forma adequada às vibrações mentais de cada pessoa deste mundo. Não é, portanto um nome próprio. Eventualmente, denominei os senhores de Apóstolos da Missão Sagrada (Seishimei Bosatsu), sob inspiração, mas este não é o meu nome próprio”.
Do Jornal Seishimei, 1 de Dezembro de 1954

“Com a formação da Missão Sagrada, foi me entregue pelas mãos de Deus esta tarefa sagrada, que é o Movimento de Iluminação da Humanidade; portanto, a realização desta obra sagrada é a minha missão.” Gostaria que os senhores próprios se considerassem pessoas eleitas e convocadas para ela. É a nossa Missão Sagrada. Desejo que consigam o maior número possível de companheiros, pois a união faz a força. O momento oportuno é sempre agora.
Publicado na edição de 1º. de maio de 1954 – Jornal Seishimei

“A Missão da Instituição do Ensinamento não se restringe a uma pequena salvação, como a simples cura de uma doença pessoal ou a obtenção de felicidade individual ou ainda a harmonização de um lar. É um movimento de grande alcance. No capítulo 12 do livro de Daniel, está escrito: ´Será uma época de tal desolação como jamais houvera igual desde que as nações existem´. Nesse tempo surgirá Miguel, o grande ´chefe´e, então entre os filhos de teu povo, serão salvos todos aqueles que se acharem inscritos no livro”.

Para salvar o outro, torna-se imprescindível que se faça conhecer o justo caminho da vida, convicto de que a vida é “única em mim e no outro” e, dessa forma, orientar o maior número possível de pessoas a fim de que se tornem elementos que tenham seus nomes registrados no “Livro da Verdade”.

A Missão Sagrada é um órgão que se incumbiu de custear todas as atividades de divulgação do Pensamento Iluminador e do Movimento de Iluminação, que até recente data estavam sob minha responsabilidade individual; os membros da Missão Sagrada são encarregados de realizar as obras sagradas. Da mesma forma que as atividades das empresas com fins lucrativos são executadas graças ao capital proveniente dos acionistas, obra sagrada do Movimento de Iluminação da SEICHO-NO-IE é cumprida graças à contribuição (mensalidade) dos membros da Missão Sagrada. Podemos dizer que os membros da Missão Sagrada receberam de mim a “patente” da Verdade que salva a Humanidade para reproduzirem essa obra em grande escala. Desse modo, com a ampliação da obra de iluminação, torna-se necessário aumentar os membros contribuintes (que corresponderia a ampliar o quadro de associados). Se não for aumentado o número de membros da Missão Sagrada, a ampliação do Movimento de Iluminação não se tornará realidade.

A valiosa contribuição dos membros da Missão Sagrada além de custear as atividades da Sede Central e das Regionais, é destinada à construção e a manutenção da Sede Central, Regionais, Associações Locais e Academias. Uma parte dessa contribuição é destinada ao Movimento de Iluminação em diversos países, para custear as despesas com envio de preletores para diversas regiões do País que vão divulgar o ensinamento e orientar Cursos, Seminários e Conferências de Treinamento Espiritual.”
Masaharu Taniguchi – Jornal Seishime

Fonte: Conscientização e Ação – Bases para o Crescimento – Apostila 1